Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
ATLETAS DA NBA PROMOVEM BOICOTE AOS JOGOS APÓS NOVOS CASOS DE VIOLÊNCIA POLICIAL E RACISMO
27/08/2020 18:07 em Dia a Dia

Rodada das finais do basquete é adiada por protesto dos atletas. Duas pessoas são mortas, em Wisconsin, na terceira noite de manifestações. Jovem de 17 anos é preso como suspeito.

 

Os diversos tiros dados pela polícia nas costas de Jacob Blake, homem negro de 29 anos, traz novamente a revolta nos Estados Unidos. O caso aconteceu no domingo em Kenosha, Wisconsin, desencadeando três dias de protestos que deixaram dois mortos na noite de terça-feira. Um jovem de 17 anos foi preso como suspeito. NBA adia uma rodada inteira de suas finais, promovendo um boicote histórico.

O acontecimento que mobilizou todo o país teve seu estopim no domingo (23), quando a polícia de Kenosha, uma cidade de 100.000 habitantes, recebeu um aviso, pouco depois das cinco da tarde, sobre um “incidente doméstico”. Depois disso só se sabe aquilo que foi visto em um vídeo por milhões de norte-americanos. Com apenas 20 segundos, o vídeo gravado por um transeunte mostra o momento em que um afro-americano chamado Jacob Blake, de 29 anos, caminha para entrar no seu carro enquanto dois policiais tentam detê-lo fazendo ameaças aos gritos. Os agentes continuam gritando e apontando suas armas, um deles tenta segurar Blake pela camisa, mas, sem conseguir, lhe dá oito tiros nas costas.

Blake está internado em estado grave em um hospital de Milwaukee, os policiais envolvidos foram dispensados administrativamente e o Departamento de Justiça de Wisconsin abriu uma investigação. Com a indignação provocada pela morte de George Floyd em maio, na cidade de Minneapolis, ainda fresca na memória coletiva, os protestos sobre o caso de Blake começaram no próprio domingo do tiroteio.

Na noite de terça-feira, terceiro dia consecutivo de protestos a revolta terminou em um grave confronto. Em um dos vídeos que mostram o momento da confusão é possível ver um homem cair no chão, e da rua, disparar diversas vezes com um rifle ou espingarda, derrubando ao menos uma pessoa. Segundo disse o xerife do condado de Kenosha, David Beth, a polícia procurava um homem branco. Nesta quarta-feira, Kyle Rittenhouse, de 17 anos, foi preso como suspeito em uma cidade próxima em Illinois.

Como resultado do clima do país, e em uma decisão sem precedentes, o Milwaukee Bucks não compareceu ao jogo do playoff em que deveria enfrentar o Orlando Magic nesta quarta-feira, como forma de protesto contra a ação dos policiais que atiraram em Jacob Blake. “Estamos cansados de assassinato e injustiça”, disse George Hill, o defensor dos Bucks. A NBA reagiu imediatamente e decidiu suspender os três jogos agendados para o dia na bolha da Disney World: além dos Bucks e do Magic, o Oklahoma City Thunder jogaria contra o Houston Rockets e os Los Angeles Lakers contra o Portland Trail Blazers.

A iniciativa se estendeu a outros jogos profissionais do país. A WNBA, liga feminina de basquete, também suspendeu três jogos. Na Liga de Beisebol (MLB), os Milwaukee Brewers concordaram com os Cincinatti Reds em não jogar o jogo em que deveriam se enfrentar.

Sara Lambert Estudante do 1° período de Jornalismo da Universidade Federal de Ouro Preto

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!