Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Bolsonaro pede "patriotismo" e que donos de supermercados abaixem o preço
05/09/2020 14:07 em Café com Plural

Na sexta-feira (04/09) Bolsonaro conversou com simpatizantes em Eldorado Paulista e falou que irá conversar com o setor comercial sobre baixar o preço dos produtos da cesta básica.

 

O presidente Jair Bolsonaro, com medo da inflação, disse que está tentando associações com supermercados para tentar reduzir os preços dos produtos básicos. Segundo ele, não é uma questão de “dar canetada em lugar nenhum”, é um trabalho para não influenciar futuramente a economia.

 

“Estou conversando, conversando para ver os produtos da cesta básica aí… estou pedindo um sacrifício, patriotismo para os grandes donos de supermercado para manter na menor margem de lucro”. Os alimentos que mais vem sofrendo com a inflação são arroz, leite, feijão e óleo de soja. O segmento de “alimentos” sofreu variação média de 3,69%, o maior aumento desde março, quando o índice avançou 4,23%. Alguns membros presentes no encontro disseram que alguns produtos dobraram de valor.

 

Segundo o presidente, a melhor maneira de estabilizar a economia é não intervindo, ou não dando “canetadas”. Porém a Associação Brasileira de Supermercado (Abras) divulgou uma nota que admite um forte aumento de preços no setor do comércio. Em uma análise feita pela associação, isso se deve ao aumento de exportações desses produtos e a diminuição das importações.

 

O Economista André Braz, do Instituto Brasileiro de Economia (Ibre), verificou que os produtos básicos subiram em média 28,9% no atacado e 23.8% no varejo, em 12 meses até agosto.

 

Filipe Nicácio Estudante do 2 período de jornalismo da Universidade Federal de Ouro Preto

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!