Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
SEMANA DA MÚSICA: HISTÓRIA DO POP
16/11/2020 21:22 em Música

De acordo com o Grove Music Online, o termo “Música pop” começou a ser usado em meados dos anos 50, apesar de na década de 20 já ter registros de pessoas usando o termo para classificar músicas com apelo mais popular em contraponto das músicas clássicas.

Em teoria, o gênero Pop englobava diversos estilos musicais, como o country, rock, entre outros, e tinha como ideia principal classificar as músicas que tinham um alcance popular. Com o passar dos anos e com a constante evolução da tecnologia, o Pop foi ganhando características únicas que fez com que se diferenciasse cada vez mais de gêneros como o rock e também foram surgindo subgêneros, como por exemplo o “bubblegum pop”, considerado um pop mais animado e normalmente voltado para pré-adolescentes e o “Dance pop”, com produções mais eletrônicas com intenção de ser tocadas em boates e clubes.

Nos anos 50 e 60 era possível notar nas músicas pops grandes influências do rock. Já nos anos 70 os artistas passaram a experimentar mais as sonoridades e aplicar outras influências em suas músicas. No Brasil, um grande exemplo dessa experimentação é a banda “Secos e Molhados”. Nos anos 80, o pop sofreu grandes mudanças, se aproximando um pouco mais do que entendemos como música pop hoje. Com grandes nomes como Madonna e Michael Jackson esse gênero começou a focar em grandes produções de seus videoclipes para a TV, além de trazerem novos sons e características para a música pop.

Uma das principais características que fizeram com que o gênero Pop fosse diferente de outros gêneros foi o fato de que as músicas eram produzidas de uma forma que fosse mais comercial. Por esse motivo as músicas normalmente tinham aproximadamente três minutos de duração, para que pudessem ser tocadas nas rádios, passaram também a ser menos “duráveis” no sentido de que no olhar das pessoas que as consumiam as músicas saiam de moda mais rápido e logo precisavam ser substituídas por novos lançamentos e, por fim, eram de fácil acesso, uma vez que as letras eram mais simples de entender e a produção também era algo menos agressivo, o que fazia com que mais pessoas se identificassem com as músicas.

Os anos 90 e 2000 foram marcados por grupos no estilo “boyband” e “girlband” e bandas com letras mais provocativas e consideradas rebeldes, fazendo com que os jovens se identificassem com tais bandas, uma vez que representava como estavam se sentindo, seja ouvindo uma música sobre amizade cantada por uma “girlband” ou uma música sobre ser incompreendido por ser adolescente no som de uma banda mais influenciada pelo rock.

Atualmente a música pop passa por mais mudanças. Como um espelho da nova geração, a geração Z, o pop tem criado cada vez mais identidade e, por isso, fórmulas que eram usadas em músicas de 2010 já não fazem tanto sentido para quem consome pop hoje. Uma geração conhecida por sua autenticidade e por não se encaixar em uma “caixinha” só, procura o mesmo quando se trata de música. É por esse motivo que nomes como o da cantora Billie Eilish têm crescido tanto e se tornado uma representação do novo momento do pop e da cultura no geral. A cantora tem como uma de suas principais características apresentar o que não era visto com tanta frequência nesse mercado, além disso é uma artista que produz suas músicas no quarto de casa, algo que tem ficado cada vez mais comum entre os novos artistas que já não sentem a necessidade de ir para grandes gravadoras para ser descoberto, uma vez que podem criar seus projetos sozinhos e ainda postar na internet onde pessoas do mundo todo podem assistir e se identificar.

O Pop está em constante mudança e não se trata apenas de um gênero musical, mas sim de toda uma cultura, em que as músicas e os artistas influenciam o comportamento das pessoas, na mesma medida em que os acontecimentos sociais e as mudanças de ideologias influenciam o surgimento de novos artistas.

 

Angelina Cornélio, aluna de Jornalismo da Universidade Federal de Ouro Preto

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!